Plataforma de Mortalidade

I. Missão

A Plataforma de Mortalidade do Observatório Nacional de Saúde é responsável por agregar e triangular fontes diferentes de informação sobre mortalidade em Moçambique para posterior análise e divulgação no contexto dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável e da determinação social da saúde e bem-estar. O secretariado da plataforma de Mortalidade é coordenador pelo Instituto Nacional de Saúde (INS) e pela Direcção de Planificação e Cooperação (DPC) do Ministério da Saúde de Moçambique.

II. Atribuições

  1. Mapear todas as fontes de informação sobre mortalidade e seus determinantes em Moçambique.
  2. Triangular todas as fontes de informação sobre mortalidade com vista a gerar evidência sobre os seus      determinantes e informar a formulação de políticas sectoriais.
  3. Aglutinar especialistas de todas as áreas afins para o apoio na análise, interpretação, disseminação e      uso de evidência científica sobre mortalidade e seus determinantes.
  4. Promover a divulgação e uso de informação referente a mortalidade no seio da comunidade                      académica, dos decisores políticos e da sociedade civil;
  5. Sensibilizar os decisores políticos no uso de informação gerada e divulgada pelo ONS para tomada          de  decisão.

III. Membros

  1. Ministério da Saúde de Moçambique (MISAU):
    • Instituto Nacional de Saúde (INS) - Co-coordenador
    • Direcção de Planificação e Cooperação (DPC) - Co-coordenador
    • Direcção Nacional de Saúde Pública (DNSP)
    • Direcção Nacional de Assistência Médica (DNAM)
  2. Instituto Nacional de Estatística (INE)
  3. Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos (MJCR)
  4. Centro de Investigação em Saúde da Manhiça (CISM)
  5. Organização Mundial da Saúde (OMS)
  6. The United States Agency for International Development (USAID)
  7. Centers for Disease Control and Prevention (CDC)
  8. The United Nations Children’s  Fund (UNICEF)